Lorca pelo Sindicato da Poesia

TEATRO/ PERFORMANCE

lorca_que_te_quiero_lorca_sindicato_da_poesia_versao_mail

Não, não é nenhuma efeméride. Efeméride seria a chegada do Homem à Lua, mas não tinha Lorca chegado antes? Por el cielo va la luna con un niño de la mano…

A poesia, o drama e a prosa de Garcia Lorca alimentam-se de obsessões. O Sindicato, que é obcecado por Poesia, iapropria-se de alguns poemas do escritor Granadino, que nunca pertenceu a partido algum e foi por isso assassinado, para transmitir algumas impressões da sua obra: extractos de Romancero Gitano, Llanto por Ignacio Sánchez Mejías,
Diván del Tamarit, e Poeta en Nueva York procuram caminhos numa noite de Verão, em direcção ao seu universo tão particular.

Porquê esta selecção? Porque é a nossa preferida.

As imagens sombrias e inquietantes, de um mundo mitológico movido por forças indefiníveis, que povoam esta obra, assumem aqui um lado mais lúdico: é Verão, o calor tanto mata os toureiros como enlouquece os amantes, mas teremos sempre Cuba. E ressoarão os acordes de Lorca, na Andaluzia e em Braga.

“Lorca que te quiero Lorca”, às 21h45, na Velha-a-Branca, Largo da Sra.-a-Branca, 23, Braga.

Sindicato de Poesia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s