Dia 6 de Agosto, Poesia no Labirintho

TEATRO/ PERFORMANCE, TERTÚLIAS

Diz o convite do poeta e jornalista Danyel Guerra,

“O sangue dos poetas volta a pulsar, hemático de vibração, nesta quinta-feira, dia 6, às 21h30, no Labirintho. Entre os vates que serão evocados na sessão, destaco Manuel Bandeira e Hilda Hist.”

Lá estaremos! Para os distraídos, o recém inaugurado Labirintho fica na Rua Nossa Senhora de Fátima, nº334, Porto. E, como diz ainda o Danyel, com acesso pelos “metrôs Casa da Música e Carolina Michaelis”.

“Vou-me embora pra Pasárgada, /Lá sou amigo do rei” 

– Manuel Bandeira

2 thoughts on “Dia 6 de Agosto, Poesia no Labirintho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s