“O artista não tem qualquer importância”

SEDIMENTO DE PALAVRAS

“Se eu não tivesse existido, alguém me teria escrito, a mim, a Hemingway, a Doistoiévski, a todos nós. (…) O artista não tem qualquer importância. Só aquilo que ele cria é importante, uma vez que já não há nada de novo a dizer. Shakespeare, Balzac, Homero escreveram tudo o que havia para escrever sobre os mesmos assuntos e se eles tivessem vivo durante mais mil ou dois mil anos os editores não teriam precisado de mais ninguém daí em diante.”

Faulkner in Entrevistas da Paris Review, Tinta da China Edições. 2009

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s