Escrever é partir lenha

SEDIMENTO DE PALAVRAS

“Isto pode parecer muito pomposo mas na verdade acho que elas [as críticas] têm, uma má influência sobre mim, e mesmo as boas deixam-nos um bocadinho envergonhados. Na realidade, acho que o melhor método é levantarmo-nos cedo, insultarmo-nos um pouco ao espelho enquanto fazemos a barba e depois fingir que estamos a partir lenha, o que é realmente o maldito trabalho que fazemos (…)”

Lawrence Durrell in Entrevistas da Paris Review, Tinta da China Edições. 2009

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s