Sorrir

TERTÚLIAS

O Portuguesia? Muito bom. As conversas, as outras pessoas, as nossas pessoas (as que eram já nossas antes de lá chegarmos e nos apresentarmos sem pio, sem piano, sem papel, sem arma), os livros.

Saber da coesia das coisas, conhecer versos com trinta anos em cima e “de verdade, pô!” e conhecer outros quartos escuros que iluminam poemas. Ao almoço, antes falar de futebol do que de poesia!

Receber uma sacola com um poema lá dentro por cima das cadeiras do auditório e depois ir meter inveja com ela para a Feira do Livro também ajudou, vá!

Enchê-la de abraços. “Vamos falando”, “vamos fazer coisas!”

A conclusão do dia? Ouvir o Luís. Ouvir muito o Luís. O Luís é que tem razão. O Luís fala connosco e leva-nos a fazer coisas importantes. Como sorrir. Ou mesmo voltar a escrever.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s