Mulheres da raia

CINEMA

Primeiro filme de Diana Gonçalves, um documentário premiado que conta a(s) história(s) da fronteira entre Portugal e a Galiza, a partir das memórias de um conjunto de mulheres chamadas, na época, de “trapicheiras“, por atravessarem clandestinamente com as suas “mandranas” todo o tipo de produtos de um lado para o outro da raia.

Entre as muitas imagens que nos ficarão na memória, está aquela de uma senhora que, tendo o marido em França a trabalhar durante uma longa temporada, aprendeu, já em idade adulta e com filhos, a a ler e escrever tal era a vontade de lhe dizer “as coisas que lhe queria dizer”.

O documentário foi exibido ontem pelo Cineclube do Porto na esplanada do Breyner 85 e apresentado pelo programador da Filminho, o Festival de Cinema Galego Português que arranca já em Setembro.

Saber mais sobre as “Mulheres da raia” aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s