O teatro vai nu

TEATRO/ PERFORMANCE

Se puderem e ainda forem a tempo, vão ver. Vale mesmo a pena. É daqueles momentos em cena que não acontecem muitas vezes. Não sabemos se estamos fora ou dentro, se a assistir se em palco, se somos nós ou um reflexo de nós.

Nuno Carinhas põe um espelho de trovoada em palco e uma cortina de veludo para o palhaço só tropeçar na conferência. Wilma Moutinho aquece os ânimos, põe a nu o teatro e deixa o público às escuras.

Nuno Cardoso toma Tchékhov e a noite da Ucrânia pelo pulso e depois toma-nos a nós por completo.

Mais aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s