Para a Maria Miguel

MOTE PARA UM BOM LIVRO

A noite ganhando espaço, rodando inteira,
esticando os dedos no esfumado.
Agora tudo se confunde e se estreita, caindo
sob a claridade delimitada
para o interior de um sítio novo no mundo.

No poema ficou o mais secreto.

Como se eu varresse para dentro de mim
silenciosamente
todas as coisas da casa.

Anúncios

Toda a gente sabe que não se deve apontar

MOTE PARA UM BOM LIVRO

 

a não ser que se “a ponte”. Ou que se seja a Google, porque já está tudo assinalado e está, por isso, não faz diferença atravessar seja o que for. Toda a gente sabe.

– imagem retirada daqui.

toda a gente sabe que se a música

MOTE PARA UM BOM LIVRO

não se desliga da cabeça, o mundo perde a sua banda sonora. Toda a gente sabe.

– ilustração tirada daqui.

toda a gente sabe que às vezes é preciso navegar

MOTE PARA UM BOM LIVRO

entre caixas e caixas de chapéus, mas só porque a cabeça está já ocupada. E o coração também. Toda a gente sabe.

– desenho de Rachel Sumpter aqui.

toda a gente sabe que os desejos

MOTE PARA UM BOM LIVRO

não se podem contar a ninguém, senão a magia esvazia, ficam pedaços de plástico sem ar para subir, ali aos tombos, e não se realizam. Toda a gente sabe.

– retirado daqui

toda a gente sabe que

MOTE PARA UM BOM LIVRO

ligeirinho que é ligeirinho tem mais estrada de pecados do que clérigos. Sobretudo, se formos marinheiros de perder o norte. Toda a gente sabe.

– imagem daqui.

toda a gente sabe

MOTE PARA UM BOM LIVRO

que os peixem falariam, se tivessem alguma coisa interessante para dizer e nós não ficássemos fisgados na resposta. Toda a gente sabe.

– imagem por berkozturk

toda a gente sabe

MOTE PARA UM BOM LIVRO

que as boas memórias são mais uma questão de sorrisos abertos do que de lugares, a não ser que o sorriso deixe os músculos a doer, o que significa que precisas de pedalar pelas memórias, pelos sorrisos abertos e pelo teu lugar junto deles mais vezes. Toda a gente sabe.

toda a gente sabe que helena

MOTE PARA UM BOM LIVRO

era mais sereia do que a Pequena Sereia, mesmo que cuspisse penas ao encantar os marinheiros e (sem nunca chegar a ser meio mulher/ meio peixe) fosse tão bonita que só podia dar batatada.

toda a gente sabe que para certos sonhos

MOTE PARA UM BOM LIVRO

é preciso usar um escafandro. Sobretudo quando há muito azul para respirar e tu costumas meter água. Toda a gente sabe.